Vênus

Cientistas anunciam substancia que pode indicar vida em Vênus

3 min de leitura

Ontem, domingo, dia 13 de setembro, cientistas teriam detectado sinais de vida nas nuvens de Vênus.

A descoberta foi publicada em várias contas do Twitter de alguns astrônomos, entretanto, foi feita uma pressão para que elas fossem deletadas, pois o anuncio da possível descoberta de vida, seria feita através da Royal Astronomical Society.

Quem também tinha publicado a descoberta, mas teve que retirar a noticia do ar a pedido da Royal Astronomical Society, foi o site earthsky.org

De acordo com o anuncio feito por eles, com a ajuda dos potentes telescópios, James Clark Maxwell que fica no Havaí e do Atcama Large Millimeter Array que fica no Chile, foi encontrado o elemento químico fosfina na atmosfera de Vênus, o que pode indicar que há vida nas nuvens do planeta.

Vale ressaltar a importância dessa descoberta, já que a fosfina é um elemento considerado como uma assinatura biológica, ou seja, de vida, logo, segundo alguns cientistas, ela não deveria existir em Vênus, pois o planeta tem condições muito adversas para o surgimento de vida.

Criação da fosfina

Os cientistas disseram conhecer duas formas de produzir fosfina, a primeira é artificialmente em laboratórios, e a segunda é através de micróbios que vivem em ambientes livres de oxigênio.

Com essa descoberta, abre-se a possibilidade de existir seres vivos e com um certo grau de intelectualidade em planetas com a ausência de oxigênio, já que o universo é bastante vasto.

A astrobióloga Jane Greaves, que foi uma das líderes da pesquisa, disse que o nível de medição da fosfina encontrado na atmosfera de Vênus, é de cerca de 20 partes por bilhão. Segundo ela, organismos vivos poderiam facilmente criar essa quantidade de gás.

No entanto, para o astrobiólogo do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) William Bains, ainda é muito cedo para afirmar que há vida em Vênus e que mais estudos devem ser feitos.

Bains disse que há duas possibilidades para a criação de fosfina em Vênus.

A primeira, é que alguma reação desconhecida, está ocorrendo nesse planeta, fazendo assim aparecer essa substancia.

A segunda, é a que eles mais acreditam, no caso, alguma forma de vida que está criando a fosfina.

Então fica aquela pergunta, será que não estamos sozinhos no universo?

(Essa matéria foi feita pelo Conflitos e Guerras através de varias pesquisas).

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.