Irã vs Israel

Atividades militares sugerem que Irã e Israel se preparam para a guerra

O governo do Irã, declarou publicamente nesta terça-feira (7) que o então incidente na instalação nuclear de Natanz, não foi um acidente. Diante disso, movimentações militares incomuns, começaram a ser relatadas tanto em Israel, quanto no próprio Irã.

Irã

Na parte iraniana, as movimentações militares se concentram nos sistemas de misseis de médio e longo alcance, na qual estão sendo posicionados ao longo das suas fronteiras.

O Irã ainda pediu para que a comunidade internacional adote medidas punitivas contra Israel por conta das suas ações perigosas.

“Este método que Israel está usando é perigoso e pode se espalhar para qualquer lugar do mundo”, disse o porta-voz do governo iraniano, Ali Rabiei.

Vale ressaltar, que o IRGC realizou essas mesmas movimentações antes de retaliar os EUA no Iraque em resposta ao assassinato do seu ex-comandante, Qasem Soleimani. Na ocasião, misseis iranianos foram lançados em uma base militar norte americana.

Israel

Israel por sua vez, colocou a sua força aérea em estado de alerta e vem realizando voos de vigilância frequentes na região.

Leia também: Irã disse que irá retaliar ataque cibernético em sua instalação nuclear

Também foi lançado um satélite na qual segundo as autoridades israelenses, tem como objetivo, monitorar as movimentações iranianas.

Um fato que chamou a atenção de muitos analistas, foi de Israel ter encomendado em caráter emergencial, 990 milhões de galoes contendo derivados de petróleo. Segundo o governo israelense, essa encomenda tem como proposito, abastecer com combustível, os seus então aviões militares.

A encomenda foi feita aos EUA e tem o valor estimado em cerca de 3 bilhões de dólares. Os EUA por sua vez, disseram estar comprometidos com a segurança de Israel, e certamente, contribuirão com o fornecimento de suprimentos militares ao pais.

Resta agora ver o que irá acontecer em um futuro próximo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.