EUROPA

Navios militares da Turquia interceptam fragata da França no Mediterrâneo

O Ministério da Defesa da França, informou ontem, quarta-feira (17) que um navio francês foi interceptado violentamente por navios de guerra da Turquia.

De acordo com o ministério da defesa francês, o navio que na verdade era uma fragata, estava em missão para a OTAN no Mar Mediterrâneo. A missão no entanto, era coletar informações e identificar um cargueiro suspeito de transportar armas para a Líbia.

Durante a execução da missão, a fragata francesa foi interceptada por outras fragatas, porem turcas. O ministério da defesa francês, descreveu a abordagem turca como “muito violenta”. A França pretende denunciar esse comportamento em uma reunião da coalizão prevista para ocorrer em 17 de julho.

França

Diante do ocorrido, uma autoridade do Ministério da Defesa francês, falando em caráter de anonimato, já que ele não está autorizado a comentar sobre isso em publico, disse que a OTAN não pode enterrar a cabeça na areia em relação aos recentes comportamentos da Turquia com os membros da organização.

Ainda no relatório do ministério da defesa, as fragatas turcas travaram os seus radares na fragata francesa por 3 vezes, sugerindo que um ataque poderia ser feito a qualquer momento.

“Este é um ato extremamente agressivo que é inaceitável por um aliado contra um navio da OTAN”,

“Consideramos isso extremamente grave. Não podemos aceitar que um aliado se comporte dessa maneira, que faça isso contra um navio da OTAN, sob o comando da OTAN, cumprindo uma missão da OTAN”. disse a autoridade para a AFP.

A então porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da França, Agnès von der Mühll emitiu uma declaração bastante forte quanto a atitude turca. Agnès acusou a marinha da Turquia de está agindo de forma “hostil e agressiva” com alguns aliados da OTAN para impedir a imposição do embargo de armas a Líbia.

Turquia

A Turquia por sua vez, negou as acusações e disse que tais alegações de que o navio francês estava em missão para a OTAN, são falsos.

Uma autoridade turca que também falou sobre condições de anonimato a Reuters, informou que fragata francesa não estabeleceu comunicações com o navio turco durante o incidente.

“A Turquia está cumprindo suas obrigações como aliada hoje e sempre. Nos entristece saber que a situação tenha chegado a esse estágio”. disse a autoridade turca.

Guerra da Líbia

O governo turco apoia o Government of National Accord (GNA), com sede em Trípoli. Já a França, apesar de negar isso publicamente, apoia o Libyan National Army (LNA) que é comandada pelo Marechal Haftar.

Caso você queira saber quais são os países envolvidos na guerra da Líbia, é só clicar no link abaixo

Quem luta contra quem e quem apoia quem na guerra da Líbia?

CG ADM

Olá caros leitores! Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM. Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Olá caro leitor Detectamos que você utiliza um bloqueador de propagandas. Se puder desabilitá-lo enquanto ler nossas noticias, ficaremos agradecidos