ASIAÍNDIA

Índia envia mais ativos militares para a fronteira com a China

Após a violeta confusão entre tropas da Índia e da China no Himalaia, ambos os países disseram estarem dispostos a desescalar as tensões. Entretanto, não é o que parece.

Índia

Foram registrados mais movimentações de tropas e blindados da Índia seguindo pela estrada Srinagar-Ladakh em Gagangeer, nordeste de Srinagar para o local das tensões.

Há também o interesse das autoridades indianas em elevar as taxas de importação a 300 produtos chineses. A China por sua vez, advertiu que boicotar os seus produtos, elevaria ainda mais as tensões entre os dois países.

China

Já a China, mesmo negando publicamente, também moveu alguns ativos militares para a região de tensão. Essa movimentação não está sendo amplamente divulgado pelas grandes mídias.

Imagens de satélites, sugerem que os chineses enviaram tropas, equipamentos militares e máquinas para o  vale de Galwan. Uma prova de que a decisão de desescalar está somente nas palavras.

China
Imagens de satélite na qual revela ativos militares chineses no vale de Galwan

Vale de Galwan

Para piorar, a China reforçou ontem, quinta-feira (19) a sua revindicação sobre o vale de Galwan, o que deixou a Índia enfurecida.

Em resposta a então revindicação chinesa, o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, advertiu para que a China não faça “reivindicações exageradas e insustentáveis”.

Rússia

A Rússia convidou Índia e China para uma reunião trilateral batizada de RIC, a fim de discutir a situação na fronteira. Essa reunião ocorrerá em 23 de julho.

Por fim, caso essa reunião venha falhar, provavelmente a tensão entre China e Índia só virá a aumentar.

CG ADM

Olá caros leitores! Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM. Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Olá caro leitor Detectamos que você utiliza um bloqueador de propagandas. Se puder desabilitá-lo enquanto ler nossas noticias, ficaremos agradecidos