ORIENTE MÉDIO

Turquia pede para que a OTAN intervenha na Líbia

A Turquia veio através de uma declaração, pedir para que a OTAN intervenha novamente na Líbia contra as forças de Haftar

 

Após de acusar o líder do Exército Nacional da Líbia (LNA), o Marechal Haftar de intensificar os seus ataques a alvos civis, a Turquia pediu que a OTAN intervenha na guerra ao lado do Governo do Acordo Nacional (GNA).

O pedido foi feito através de uma declaração na qual diz que Haftar aumentou o seu ataque a alvos civis na Líbia. A intervenção tambem deveria ser expandida assim aos apoiadores da LNA, em especial o Egito, os Emirados Árabes Unidos e a França.

“Haftar e seus apoiadores se tornaram mais agressivos ao lançar ataques contra civis, semelhante a agressão do regime sírio contra seu povo

Eles estão alvejando civis, incluindo hospitais. E o por que dessa agressão ?! Porque eles estão começando a perder vantagem no campo de batalha”, disse o Ministro das Relações Exteriores Turca, Mevlut Cawushoglu.

Cawushoglu enfatizou que a Turquia acredita na solução politica para Líbia, e para isso, busca assim alcançar um cessar-fogo há tempos.

[irp posts=”6963″ name=”Quem luta contra quem e quem apoia quem na guerra da Líbia?”]

“Na próxima etapa, o Haftar deve ser interrompido. Aqueles que os apoiam devem ser parados. A OTAN deve desempenhar um papel importante nesse sentido.

O Egito e os Emirados Árabes Unidos, juntamente com a França, apoiam claramente Haftar.” Complementou Cawushoglu

França

O Ministro do Exterior da Turquia acrescentou também, que a hostilidade francesa contra à Turquia, aumentou após a então operação batizada de “Primavera da Paz” lançada pelos turcos no norte da Síria, em 9 de outubro de 2019 contra Forças curdas, que Ancara considera como terroristas.

A Turquia é o maior apoiador externo do Governo de Acordo Nacional (GNA), uma entidade política reconhecida pelas Nações Unidas.

A guerra civil na Líbia, que começou em 2014 devido a então instabilidade politica e militar provocada após a queda do líder líbio, Muammar al-Gaddafi já dura faz 6 anos e deixou mais de 10 mil mortos.

Via
AMN

CG ADM

Olá caros leitores! Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM. Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Olá caro leitor Detectamos que você utiliza um bloqueador de propagandas. Se puder desabilitá-lo enquanto ler nossas noticias, ficaremos agradecidos