coronavírus

Vitimas do coronavírus, estão ficando cada vez mais jovens

/

Um relato feito pelo Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS), diz que as vitimas do coronavírus estão ficando mais jovens.

O NHS relatou que as primeiras vitimas do coronavírus na Inglaterra, tinham entre 80 a 90 anos. De acordo com dados coletados recententemente, nos últimos 10 dias, jovens entre 40 a 50 vem morrendo todos os dias no Reino Unido.

[irp posts=”7573″ name=”CORONAVÍRUS MUNDO: Já são 468.920 infectados com 21.202 mortes”]

Até o momento, acredita-se que a vitima mais jovem no país, seja uma mulher que tinha 33 anos. Entretanto, no dia 22/03 o NHS chegou a sugerir que uma adolescente de 18 anos, teria sido vitima da doença. Dias após o relato, testes apontaram que a adolescente realmente estava com o vírus, mas morreu de uma condição não relacionada ao COVID-19. Ocasião essa negada pela mãe da vitima, na qual afirma que a sua filha morreu por conta da doença.

Um caso parecido foi relatado em Lancaster, na Califórnia, EUA. A vitima foi uma adolescente de 17 anos que apresentou os sintomas da doença e foi atendida no Hospital Antelope Valley. Segundo o prefeito da cidade, a paciente embora não estivesse se sentindo bem, não atendeu aos critérios de sintomas do coronavírus e não recebeu os Kits de exame, dias depois, ela foi internada e acabou desenvolvendo um quadro de choque séptico e veio a falecer. O seu exame só foi feito depois da morte, e apontou que ela tinha a doença e morreu por complicações dela.

[irp posts=”7570″ name=”CORONAVÍRUS BRASIL: Sobe para 2.547 contaminados com 59 mortes”]

Esse foi o primeiro caso registrado de morte por conta do coronavírus nos EUA, em pessoas abaixo dos 18 anos.

Grupo de Risco

Pessoas até então fora do grupo de risco, também entraram nas estaticistas de mortos pela doença nos últimos dias. Isso sugere que o perfil dos pacientes não são mais os mesmos quando o surto do coronavírus começou.

Um outro dado alarmante, aponta que as mortes não são mais apenas entre pessoas com doenças subjacentes. Pacientes sem históricos de doenças, tem entrado diariamente na lista de vitimas do coronavírus.

Isolamento Social

A OMS continua recomendando que as pessoas pratiquem o isolamento social para amenizar a propagação do vírus.

Afinal, o coronavírus pode apresentar sintomas leves para algumas pessoas, mas sintomas mortais para outros. Seja consciente e respeite as recomendações do órgão máximo da saúde no mundo. Esse vírus não faz escolhas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.