Turquia ameaça EUA com retaliação se sanções forem impostas

Ancara está ameaçando retaliação contra Washington se for atingido por sanções.

O alerta ocorre quando o Senado dos EUA se prepara para votar medidas contra a Turquia sobre a aquisição de sistemas de defesa russos.

“Os legisladores dos EUA precisam entender que não chegarão a lugar algum com imposições”, disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, na quarta-feira, durante uma entrevista na televisão.

Mevlut Cavusoglu complementou dizendo.

“Se os Estados Unidos se aproximarem de nós de maneira positiva, também reagiremos positivamente. Mas se eles forem negativos em relação a nós, retaliaremos”.

Senado dos EUA

Um comitê do Senado dos EUA aprovou uma legislação na quarta-feira visando a Turquia e autoridades e instituições turcas. As medidas são uma resposta à compra de Ancara do sistema de mísseis S-400 da Rússia, que é considerado uma violação da Lei de Sanções dos Adversários dos EUA através de Sanções (CAATSA).

Leia também
EUA preparam o maior destacamento de tropas da Europa em anos

O projeto agora passa a ser votado em todo o Senado.

As sanções contra a Turquia contam com apoio bipartidário. Os republicanos e democratas não estão apenas zangados com a mudança percebida de Ancara em direção a Moscou, mas também com uma ofensiva turca contra a milícia curda síria, o YPG, no nordeste da Síria.

A Turquia designou o YPG como terrorista, mas a milícia é um aliado essencial na guerra liderada por Washington contra o Estado Islâmico.

Os legisladores dos EUA provavelmente ficaram mais irritados com uma decisão do tribunal turco na quarta-feira para continuar aprisionando Metin Topuz, um funcionário local do consulado dos EUA. Topuz está sendo julgado por acusações de espionagem que Washington considerou infundadas.

Bases Americanas na Turquia

As relações entre os dois aliados da OTAN despencaram nos últimos anos devido a uma infinidade de diferenças. Mas a trajetória descendente pode acelerar ainda mais com Cavusoglu alertando que as principais bases americanas estão agora em risco se a Turquia for sancionada.

“Tanto Incirlik (base aérea) quanto Kürecik (base de radar) podem vir à entrar na nossa agenda. Não queremos falar sobre o cenário ruim sobre suposições”, disse Cavusoglu.

A vasta base aérea de Incirlik, próxima à fronteira com a Síria, é há décadas vital para os interesses estratégicos regionais dos EUA. A base também abriga armas nucleares dos EUA.

Em tensões bilaterais anteriormente, Ancara ameaçou fechar ou suspender as operações dos EUA em Incirlik. Uma fonte diplomática ocidental disse que Ancara nos últimos anos impôs controles onerosos sobre as operações americanas a partir da base.

Incirlik foi visto como o trunfo de Ancara sobre Washington, mas isso pode estar mudando, dizem analistas.

“Incirlik sempre foi o ponto de partida para as discussões sobre a separação entre a Turquia e os EUA. Pelo que entendi, eles estão investindo pesadamente em outras bases, o que mitigará a ameaça do fechamento da Incirlik”. “, disse Soli Ozel, professor de relações internacionais da Universidade Kadir Has, em Istambul.

Decisão de Erdogan

Analistas sugerem que Ancara também pode ter receio de perder o que é amplamente visto como um dos símbolos mais importantes da cooperação turco-americana.

“(Ancara) tenderá a fechar Kurecik, não Incirlik. Por que isso? O fato de haver ogivas nucleares em Incirlik é uma fonte de prestígio… e um caso que reforça sua posição na OTAN. Quando a situação é tão frágil, ele (Erdogan) pode não querer tocar em Incirlik “, twittou Asli Aydintasbas, um membro sênior do Conselho Europeu de Relações Exteriores.

Ele estava se referindo ao presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

Kurecik é uma base de radar dos EUA localizada perto da fronteira do Irã e sobretudo é essencial para o monitoramento da atividade militar iraniana por Washington, em particular a tecnologia de foguetes.

Analistas dizem que Teerã gostaria especialmente do fechamento do Kurecik. As relações turco-iranianas são caracterizadas por rivalidade e cooperação, que é amplamente vista como operadora.

Erdogan e Trump

Mas Ancara parece ainda estar tentando evitar uma nova escalada nas tensões bilaterais, com esperanças depositadas no presidente dos EUA, Donald Trump.

“O importante não é apenas a decisão do Congresso, mas a decisão do governo”, disse Cavusoglu.

O presidente Erdogan desenvolveu um bom relacionamento com Trump, além disso das atuais tensões bilaterais. Ancara está olhando para Trump para vetar qualquer legislação de sanções ou usar sua influência para amenizar quaisquer medidas contra a Turquia.

Há um ano, os mercados internacionais puniram severamente a Turquia, mergulhando o país em uma recessão após a imposição de sanções por Trump, mas, os investidores permanecem basicamente indiferentes à ameaça de novas medidas contra Ancara.

“Os mercados podem ter descontado uma lei de sanções moderada”, disse a analista Atilla Yesilada, da Global Source Partners.

Mas se o Senado aprovar medidas fracas e principalmente simbólicas, isso não significa necessariamente o fim das atuais tensões EUA-Turquia. Yesilada alerta que tais medidas poderiam muito bem ser interpretadas por Erdogan como uma fraqueza e encorajá-lo.

“Encorajado por sanções leves, ele pode provocar os EUA ainda mais, tentando comprar armas russas mais avançadas e desafiando os EUA no nordeste da Síria”, disse Yesilada.

Vários outros projetos de sanções que propõem medidas draconianas contra a Turquia estão pendentes no Congresso. Ancara, no entanto, poderia estar calculando que desestabilizar a economia turca será contraproducente aos objetivos de Washington.

“É do interesse de [Washington] também ter uma região estável. Se eles continuarem com essas políticas propostas hoje, essa região não só continuará sendo um viveiro, mas ainda mais com uma Turquia instável”, disse o ex-embaixador turco Mithat Rende.

Fonte: Voa news

Mostrar mais

CG ADM

Olá caros leitores!Meu nome é Hericson, mas conhecidos por voce como CG_ADM. Sou o criador da pagina no Facebook e do Site Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar
Fechar

Bloqueador de Propaganda Detectado

Por favor desabilite o bloqueador de propaganda