Líbia

Cresce os rumores de guerra na Líbia envolvendo vários países

/
3 min de leitura

Após aceitar o convite da Líbia, feito pelo o governo da GNA, governo esse reconhecido internacionalmente. Parece que Erdogan está formando uma especie de Grande Aliança para ajudar na defesa de Trípoli contra as forças da LNA, comandadas pelo Marechal Haftar

A grande aliança truca na Líbia, envolveria Catar, Tunísia e Argélia. Sim, ao que parece, a Argélia irá aderir ao pedido da Turquia para ajudar as forças de Trípoli.

Apesar dessa aliança está quase se tornando realidade, ainda não foi detalhado que tipo de ajuda os argelinos dariam as forças da GNA.

Mas a principio, será um suporte logístico, onde os turcos poderiam operar militarmente contra a LNA, usando o espaço aéreo e naval argelino.

[irp posts=”7031″ name=”Líbia: Haftar teria recebido novos caças MIG-25, MIG-27, SU-22 e Mirage”]

O próprio presidente da Argélia, Abdelmadjid Tebboune solicitou ontem, quinta-feira (26). Uma reunião do conselho de segurança para discutir os desenvolvimentos de segurança no país e no norte da África, incluindo Líbia e Mali.

Se confirmado o apoio argelino, a Turquia terá um trunfo enorme contra as forças de Haftar. Já que os turcos terão uma vasta área de fronteira com a Líbia para poder operar as suas forças militares.

Essa aliança ou coalizão, foi reforçada nas falas do Ministro de Interior da GNA, Fathi Bachagha na qual anunciou que Turquia, Tunísia e Argélia, irão assinar um grande acordo de cooperação militar nos próximos dias.

Bachagha complementou dizendo que se Trípoli cair, Tunísia e Argélia cairão também , já que Haftar pretende controlar todos os países no norte da Africa.

Um outro fronte na guerra

Alem dos frontes leste e norte, uma noticia pode colocar mais tensão no conflito. Foi anunciado que o Emirados Árabes Unidos, estão eventualmente, prestes a conseguir um acordo na qual os possibilitaria, criar uma base militar no Niger, logo na fronteira entre Líbia e Argélia. Isso pode caracterizar um novo fronte na nessa guera, o fronte sul.

Essa intenção do EAU não é nova, entretanto, foi reforçada depois do aumento na especulação de que a Argélia irá participar de alguma intervenção militar turca na Líbia.

[irp posts=”7028″ name=”Marinha de Haftar captura um navio cargueiro turco que ia para Misrata”]

Afinal, o EAU é alegadamente favorável as forças de Haftar e com a criação dessa base, um apoio militar mais amplo poderia ser dado a LNA em caso de um conflito mais generalizado.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.