SDF diz que pode abandonar a segurança das prisões do Estado Islâmico

Segundo o comandante do SDF, Mazloum Abdi, eles estão tomando conta de 9.000 a 12.000 combatentes do Estado Islâmico.

Abdi continuou dizendo que a prioridade dos curdos não é mais proteger as prisões onde os combatentes do Estado Islâmico estão.

“Não temos tempo para realocá-los. Proteger as prisões se tornou uma questão secundária para nós. Não é mais uma prioridade para nós”

Além disso, ele disse que se a Turquia continuar o seu ataque, eles terão que abandonar essas prisões e partirem para defender os seus familiares.

Entretanto, em uma outra informação repassada pelo comandante, a Turquia capturou uma prisão do Estado Islâmico em Qamishli hoje de manhã (11). Embora a noticia pareça boa, há informações que os turcos permitiram a fuga de 5 combatentes terroristas, e até o momento, eles não foram recapturados.

O vídeo abaixo mostra o exato momento onde a prisão do Estado Islâmico é atingida e em seguida, alguns prisoneiros escapam.

Ainda assim, as autoridades de segurança interna criaram uma segunda prisão. Eles estão agora segurando alguns detentos do Estado Islâmico.

Leia também: SDF disse que será guerra total caso a Turquia ataque

Abdi disse também que milicias apoiadas pelo Irã, entraram hoje no front de combate e a principio, estão atacando os Curdos.

Em um ultimo comentário, Abdi disse que os americanos os esgotaram e que todos estão atacando eles, inclusive, até o Estado Islâmicos podem ataca-los.

Ofensiva

A Turquia segue bombardeando e combatendo os curdos em terra. A batalha está cada vez mais violenta e os Curdos seguem tentando impedir o avanço dos militares turcos.

O exército turco divulgou um vídeo onde um carro metralhadora da SDF é destruído por um míssil lançado de um caça.

Leia também
Erdogan rejeita o pedido de ajuda feito por rebeldes e jihadistas em Idlib, e ainda elogia Moscou

Os numero de vitimas de ambos os lados são bem imprecisos, já que cada comando evita repassar esse tipo de informação.

Enquanto isso, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Thomas Esper, disse que os americanos não abandonaram os curdos.

“Não abandonamos os curdos. Deixe-me esclarecer isso. Não abandonamos a ninguém. fizemos exatamente o oposto. Recuamos com força em todos os níveis”

 

Mostrar mais

CG ADM

Olá caros leitores!Meu nome é Hericson, mas conhecidos por voce como CG_ADM. Sou o criador da pagina no Facebook e do Site Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar
Fechar

Bloqueador de Propaganda Detectado

Por favor desabilite o bloqueador de propaganda