Trump anuncia novas sanções contra o Irã como retaliação

A medida do presidente americano é em resposta à destruição das refinarias sauditas.

Irã-Trump-EUA

Em meio à crescente tensão entre Washington e Teerã, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira que ordenou ao secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, um aumento substancial das sanções impostas contra o Irã.

O anúncio é feito dias após os ataques contra as instalações da gigante petroleira Aramco, na Arábia Saudita, que algumas autoridades americanas atribuíram ao Irã.

Leia também: Pentágono pede para Trump evitar uma guerra com o Irã

Acabei de instruir o secretário do Tesouro a aumentar substancialmente as sanções ao Irã!”, anunciou no Twitter. O chefe de estado americano, no entanto, não deu detalhes adicionais sobre a medida.

Os Estados Unidos já aplicam sanções generalizadas que prejudicam a economia do Irã desde que Trump, cumprindo promessa de campanha, retirou seu país do acordo nuclear de 2015.

Leia também: Irã apreende mais um petroleiro no Golfo Pérsico

A Arábia Saudita afirmou que as armas usadas no ataque contra a petroleira foram fabricadas no Irã. Na segunda-feira, o Irã enviou uma nota oficial aos Estados Unidos em que nega o envolvimento no ataque.

Especialistas americanos e sauditas estão empenhados em tentar descobrir quem foi o responsável pelo bombardeio.

Nesta quarta, o governo saudita declarou que vai participar da coalizão internacional para proteger o transporte comercial no estreito de Ormuz, que é um local estratégico para a passagem de petróleo.

Mostrar mais

SKYFORCE

Olá eu sou o SKYFORCE e eu sou Administrador e editor da página e do site Conflitos e Guerras. Tenho como objetivo trazer notícias e informações diárias à todos vocês, sempre de forma séria e imparcial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios