Americanos contra o Talibã

Ataques do Talibã matam quase 50 civis e militares afegãos

O Talibã executou dois atentados no Afeganistão nesta terça-feira. No total, ao menos 48 pessoas morreram. Inclusive militares afegãos e dos EUA.

O primeiro ataque aconteceu perto do local em que o presidente afegão, Ashraf Ghani, participava em um comício, na província de Parwan, região central do país, de acordo com a agência Reuters.

Leia também: Talibãs conquistaram o QG da polícia afegã no norte do país e mataram dezenas de policias

“Chegaram ao hospital de Parwan 24 cadáveres e 32 feridos. Entre as vítimas há mulheres e crianças”, afirmou à AFP o diretor do centro médico, Abdul Qasim Sangin.

O atentado aconteceu no mesmo momento em que foi registrada uma forte explosão no centro de Cabul, perto do prédio da embaixada dos Estados Unidos.

O ataque deixou 22 mortos e 38 feridos, de acordo com Nasrat Rahimi, porta-voz do Ministério do Interior.

Um representante do Talibã disse que o alvo eram forças de segurança, e que as pessoas haviam sido avisadas.

Leia também: Talibã captura uma base da polícia afegã e divulga imagens das armas capturadas. FOTOS

Na segunda, um soldado norte-americano foi morto enquanto lutava ao lado de afegãos na província de Wardak.

Neste ano, houve 17 baixas entre de militares dos EUA no país. Uma delas aconteceu poucos dias antes da data que estava agendado um encontro com líderes do Talibã em um sítio que pertence ao governo norte-americano chamado Camp David.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.