Ataque das FARC deixa 6 civis mortos na Colômbia

/
2 min de leitura

Uma candidata a prefeita de uma cidade no sudoeste da Colômbia foi morta junto com outras cinco pessoas por supostos dissidentes das guerrilhas desmobilizadas das Farc, que atacaram com armas de fogo o veículo em que as vítimas viajavam, informou nesta segunda-feira o governo colombiano.

O massacre no qual morreu Karina García, candidata ao Partido Liberal por prefeito do município de Suárez, no departamento de Cauca, aconteceu em uma estrada que atravessa uma região montanhosa do sudoeste colombiano, estratégica para o tráfico de drogas e disputada por antigas forças das Farc que recusam o acordo de paz.

Leia também: Exército colombiano mata 9 combatentes das FARC

Garcia se tornou a primeira pessoa candidata a prefeita morta na atual campanha política para as eleições locais e regionais em outubro. As outras cinco vítimas eram a mãe da candidata, três líderes sociais e um candidato ao conselho municipal de Suárez, informou a polícia.

“Tristemente mencionamos a morte desta candidata do Partido Liberal. Confirma-se que o pseudônimo Mayinbu, que é o chefe de um grupo de dissidentes das Farc (…) é responsável, (…) por sua influência na zona, por este crime hediondo” disse o repórter Miguel Ceballos, alto comissário da paz.

Leia também: Venezuela em alerta devido a possível guerra com a Colômbia

O ministro da Defesa, Guillermo Botero, ofereceu uma recompensa de quase US$ 44 mil por informações de dois líderes dos dissidentes das FARC que estão presentes no departamento de Cauca.

Líderes das guerrilhas desmobilizadas das Farc anunciaram seu retorno à luta armada na semana passada, no maior golpe contra o acordo de paz assinado em 2016 para encerrar um conflito armado de mais de meio século que deixou 260 mil mortos e milhões de deslocados.

O anúncio do retorno à luta armada, alegando que a implementação do acordo foi violada, ameaça aumentar a violência e os ataques de grupos armados, assim como os assassinatos e represálias contra ex-guerrilheiros que se tornaram políticos integrados na sociedade como parte do pacto

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.