Tendência

Urgente: Bolsonaro responde e critica Macron

O presidente brasileiro acusou Macron de colonialismo.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, atacou o seu colega francês Emmanuel Macron, por ter feito ameaças sobre a questão da Amazônia.

O presidente brasileiro criticou seriamente as declarações de seu colega francês que defende uma “ação” para proteger a floresta, Macron inclusive convocou uma reunião sobre isso no G7, onde o Brasil conta com o apoio dos EUA, da Itália e até do Reino Unido.

SEGUE ABAIXO A DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE BOLSONARO.

“- Lamento que o presidente Macron busque instrumentalizar uma questão interna do Brasil e de outros países amazônicos para ganhos políticos pessoais.
– O tom sensacionalista com que se refere à Amazônia (apelando até p/ fotos falsas) não contribui em nada para a solução do problema.
– O Governo brasileiro segue aberto ao diálogo, com base em dados objetivos e no respeito mútuo.
– A sugestão do presidente francês, de que assuntos amazônicos sejam discutidos no G7 sem a participação dos países da região, evoca mentalidade colonialista descabida no século XXI.”

Leia também
Witzel sobre o grande número de criminosos mortos "Zero preocupação. É apenas o começo"
Mostrar mais

SKYFORCE

Olá eu sou o SKYFORCE e eu sou Administrador e editor da página e do site Conflitos e Guerras. Tenho como objetivo trazer notícias e informações diárias à todos vocês, sempre de forma séria e imparcial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar
Fechar

Bloqueador de Propaganda Detectado

Por favor desabilite o bloqueador de propaganda