UE e Geórgia acusam a Rússia de ter colocado mais tropas na Ossétia

A União Europeia e a Geórgia acusaram a Rússia de ter colocado mais tropas nas regiões separatistas da Ossétia do Sul e na Abecásia, no norte da Geórgia.

A União Europeia exigiu também que a Rússia retire imediatamente as suas tropas dessas regiões, afirmando que a presença das mesmas nelas é um descumprimento do acordo de paz de 2008, quando a Geórgia aceitou a sua derrota militar para a Rússia e abandonou de vez da Ossétia.

Para mais informações leiam:Matéria histórica: A Guerra Russo-georgiana, quando ex-aliados se enfrentaram

A Rússia enviou uma nota afirmando que suas tropas estão lá por “livre pedido do governo legítimo da Ossétia do Sul e da Abecásia”, Moscou ainda afirmou que a guerra de 2008 foi totalmente culpa da Geórgia, que atacou a Ossétia primeiro, com a Rússia tendo afirmado que se limitou à “apenas” destruir as forças militares e a infraestrutura da Geórgia para proteger os povos soberanos da Ossétia e da Abecásia.

A Geórgia, no entanto, deixou claro que não tem interesse em uma nova guerra contra a Rússia, que é considerada como a segunda maior potência militar do mundo.

A UE ainda afirmou que espera que a Rússia não cause nenhuma desestabilização na região de Ossétia.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.