57 terroristas e rebeldes foram mortos em ataque dos EUA em Idlib

Os terroristas e rebeldes tiveram toda a sua fortaleza nessa cidade de Idlib destruída.

Um ataque com mísseis contra uma reunião de líderes jihadistas na província síria de Idlib neste sábado matou pelo menos 57 terroristas e rebeldes, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), poucas horas depois da entrada em vigor de uma trégua promovida pela Rússia.

O ataque tinha como alvo uma reunião de líderes do Hurras al-Deen, Ansar al-Tawhid e outros grupos aliados dentro de um campo de treinamento perto da cidade de Idlib, afirmou Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Leia também: Forças sírias conquistam mais 4 cidades em Idlib

Um jornalista da AFP presente na cidade de Idlib ouviu várias explosões ao norte da cidade, seguidas por colunas de fumaça no horizonte. As ambulâncias foram para o local do ataque, onde os jornalistas não tinham permissão para entrar.

Na sexta-feira, o exército russo, aliado do governo de Damasco, havia declarado um cessar-fogo unilateral do exército sírio a partir da madrugada de sábado.

Leia também: Forças sírias conquistaram a estrada M5, que liga Idlib à Hama

A marinha americana teria sido a responsável por esse ataque, algo que está gerando críticas de combatentes pró-EUA e de líderes americanos e europeus pró-rebeldes.

Esse é o segundo ataque dos EUA contra os rebeldes e os terroristas em Idlib nos últimos meses.

Mostrar mais

SKYFORCE

Olá eu sou o SKYFORCE e eu sou Administrador e editor da página e do site Conflitos e Guerras. Tenho como objetivo trazer notícias e informações diárias à todos vocês, sempre de forma séria e imparcial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios