Macron

Macron responde a piada de Bolsonaro sobre sua mulher

Macron e Bolsonaro voltaram ao ringue depois do perfil oficial do presidente Brasileiro comentar em uma foto de um seguidor que publicou o seguinte.

O Conflitos e Guerras resolveu preservar a identidade do autor do comentário e apagou o nome e a foto dele. Mas a foto é verídica e temos a original.

 

O comentário do presidente do Brasil, ou daquele a qual controla a sua rede social, foi a seguinte: “Não humilha cara. kkkkkkk”

Leia também: Bolsonaro critica mais uma vez Macron

Em resumo, o seguidor do Bolsonaro insinuou que o presidente francês estava com inveja pelo fato da esposa dele, Brigitte Macron não apresentar os mesmos traços físicos da esposa do presidente brasileiro, Michelle Bolsonaro.

Ao ser questionado em Biarritz sobre o caso, Macron respondeu o seguinte:

“O que posso dizer a eles? É triste, é triste, mas é mais triste acima de tudo para ele e para os brasileiros. Acho que as mulheres brasileiras, sem dúvida, têm vergonha de ler isso de seu presidente. Acho que os brasileiros, que são um grande povo, ficam um pouco envergonhados ao ver esses comportamentos e esperam de um presidente que se comporte bem com os demais.” Macron

Macron aproveitou a deixa para reiterar a sua acusação de que Bolsonaro mentiu sobre os seus compromissos para com a preservação da Amazônia e lembrou do incidente entre Bolsonaro e o seu Ministro das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian quando o mesmo visitou Brasília em julho.

“Algumas semanas depois da assinatura do Tratado do Mercosul, ele teve um encontro urgente com o cabeleireiro dele, quando deveria receber o ministro das Relações Exteriores francês e ontem considerou que seria uma boa ideia que seu ministro me insultasse.”Macron

E completou dizendo.

“Na França, nunca ocorreu de um ministro da República insultar qualquer dirigente e ele pronunciou palavras extraordinariamente desrespeitosas sobre minha esposa.” Macron

Alguns analistas em politica internacional dizem que se esses episódios continuarem, uma crise diplomática pode vir a acontecer entre os dois países.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.