Israel frustra ataque de Drone do Irã

Aviões de combate da Força Aérea de Israel bombardearam vários alvos na Síria com mísseis para interromper um ataque “Kamikaze” da Força de Quds do Irã.

O ataque com o drone suicida também seria realizado por milícias xiitas pró-iranianas contra Israel, disse o porta-voz militar das Forças de Defesa de Israel (IDF).

A Força Quds é a unidade de elite do Corpo dos Guardas da Revolução Islâmica (CGRI) para as operações do Irã no exterior.

Aviões de combate da Força Aérea atacaram vários alvos na cidade de Aqraba, a sudeste de Damasco, disse o porta-voz militar.

“O ataque foi realizado contra militantes iranianos da Força Quds e milícias xiitas que nos últimos dias estavam preparando um ataque contra alvos israelenses do território sírio”, disse o porta-voz militar.

Nos últimos dias, a IDF estava monitorando a Força de Quds do Irã porque essa força tinha a intenção de lançar drones armados (com explosivos) contra alvos no norte de Israel explicou o brigadeiro Ronen Manelis.

Leia também: Hezbollah ameaça derrubar aeronaves de Israel

Essa mesma célula queria que na quinta-feira (22) fossem lançados drones armados para Israel, mas a IDF interferiu em suas atividades e impediu o ataque.

O oficial acrescentou que o ataque planejado na qual foi frustrado era uma “tentativa avançada” que incluiu o uso de vários drones contra alvos israelenses.

A IDF elevou o status de alerta e age contra todas as tentativas de atacar o Estado de Israel e vê o Irã e o regime sírio diretamente responsáveis ​​pelo ataque que foi interrompido, advertiu Manelis.

“Nós vemos com extrema gravidade que o regime sírio permite o uso de terrorismo e fecha os olhos em tudo o que se desenvolve a partir de seu território”.

O tenente-coronel Jonathan Conricus disse que as IDF acreditavam que o ataque iraniano era “muito iminente”

“Este foi um plano com grandes capacidades que foram planejadas por alguns meses”, disse o porta-voz. “Não é algo que é decidido em um nível baixo, mas sim de cima para baixo na Força Quds.”

Conricus também observou que as forças iranianas lançaram foguetes e mísseis da Síria contra Israel em 2018, mas que o uso de drones “kamikaze” para explodir em seus alvos é uma “tática diferente”

“A ameaça foi significativa e esses drones assassinos foram capazes de atacar alvos com grande capacidade”.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu confirmou o ataque contra alvos iranianos na Síria:

“Em um grande esforço operacional, nós interrompemos um ataque contra Israel pela força iraniana de Quds e milícias xiitas. Eu reitero: o Irã não tem imunidade em lugar algum. Nossas forças operam em cada setor contra a agressão iraniana.

“Se alguém vier matar você, levante-se e mate-o primeiro”, disse Netanyahu, citando uma frase bíblica. “Ordenei que nossas forças se preparassem para qualquer cenário. Continuaremos a tomar medidas firmes e responsáveis ​​contra o Irã e seus representantes pela segurança de Israel ”. disse o primeiro-ministro, que também ocupa o cargo de ministro da Defesa.

A agência de notícias estatal síria SANA disse que as defesas aéreas foram ativadas e que a maioria dos mísseis hostis israelenses foram destruídos antes de atingirem seu alvo.

“O ataque foi enfrentado imediatamente e com eficiência”, disse SANA.

O Observatório de Direitos Humanos da Síria, com sede em Londres, mas com uma extensa rede de ativistas no terreno, relatou que vários mísseis atingiram posições detidas por forças estrangeiras; enquanto outros foram interceptados por defesas aéreas.

É esperado que tanto o Hezbollah quanto milicias pro-irã na síria, intensifique suas tentativas de ataque contra Israel.

Israel por sua vez é esperado continuar com a sua politica de bombardeios contra instalações iranianos na Síria. Essas instalações pode também envolver ativos militares do grupo Hezbollah.

 

Fonte
Aurora
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios