ONG’s afirmam que militares de Haftar invadiram um campo de refugiados em Trípoli e mataram dezenas

/

ONG’s de direitos humanos e refugiados, afirmam que militares das forças do Marechal Haftar, invadiram um grande Campo de refugiados no sul de Trípoli e mataram dezenas de refugiados e guardas do campo.

As forças de Haftar invadiram o Campo após terem vencido as forças de Trípoli em combates por uma pequena cidade na região. Apesar de terem invadido o Campo, as forças do Marechal foram embora após terem matado vários guardas e refugiados, tendo se dirigido para uma pequena aldeia na região, que foi tomada momentos depois, após policiais e milicianos locais terem passado ao lado do Marechal.

Leia também: Políticos do governo de Trípoli fogem para a Europa após caças de Haftar atacarem a sede do governo

Militares de Haftar confirmaram o ataque ao campo de refugiados, porém, afirmam que seus objetivos ali eram contra o tráfico de pessoas para a Europa, algo que segundo os militares líbios, foi conseguido.

Os militares de Haftar afirmaram que só mataram os traficantes e quem os atacasse com armas de fogo, negando assim um ataque intencional contra os refugiados africanos que estavam na localidade.

A ONU criticou ferozmente esse ataque.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.