Militares armênios e russos participaram da defesa das cidades cristãs contra os rebeldes e terroristas em Hama

1 min de leitura

Militares armênios e russos participaram da defesa das cidades, vilas e aldeias cristãs atacadas por terroristas e rebeldes nessa semana em Hama.

Se trata da primeira batalha real em que tropas da Armênia participaram na síria, pois até agora, os militares armênios se limitavam à operações de engenharia, apoio médico e na limpeza de campos minados.

Leia também: Nova ofensiva rebelde em Hama termina em desastre e em grandes baixas para os rebeldes

O ataque dos rebeldes e dos terroristas contra essas localidades cristãs provocou a ira dos militares russos, que estão há dias bombardeando implacavelmente alvos dos rebeldes e dos terroristas.

Os armênios e russos foram essenciais na batalha, pois foram eles que, apoiados pela aviação russa, conseguiram reconquistar as cidades perdidas e mataram um grande número de terroristas e rebeldes, que queria dar um golpe no “coração dos cruzados russos.” Militares russos e armênios provocaram os terroristas dizendo “Queriam ferir os cruzados, mas foram os cruzados que exterminaram vocês.”

Nenhum armênio ou russo morreu ou se feriu nesses combates.

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.