Massacre no Mali. Mais de 100 civis foram massacrados em um ataque étnico no norte do país

Mais de uma centena de mortos, casas queimadas, muitos animais abatidos. É o resultado de um ataque devastador a uma vila Dogon no Mali, país ensanguentado por um ciclo de atrocidades entre comunidades cada vez mais rivais, que tem um conflito desde antes do período colonial.

O ataque ocorreu na noite de domingo para segunda-feira, contra uma aldeia na área de Bandiagara, leste de Mopti, acontece após o massacre de aproximadamente 165 pessoas da etnia Fula, em 23 de março, que foi atribuído a caçadores da etnia Dogon.

Leia também:Subiu para 165 o número de mortos no Mali vítimas de um massacre étnico

O governo do Mali ainda não comentou mais esse brutal massacre étnico que ocorre no país.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.