MUNDO

Líderes dos BRICS defendem o acordo de Paris e aumento nas relações entre os 5 países

Líderes de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, os chamados Brics, divulgaram, nesta sexta-feira, uma nota conjunta na qual se comprometem a implementar medidas para atingir as metas estabelecidas no Acordo de Paris, que visam a manter o aquecimento global abaixo de 2ºC, buscando limitá-lo a 1,5ºC.

Os 5 líderes ainda defenderam um aumento nas relações econômicas, políticas e militares entre as nações membros do grupo.

Leia também: Xi Jinping afirma que Rússia e China estão mais aliados do que nunca, e afirma que Putin é seu melhor amigo

Os anúncios foram feitos durante o encontro do G20, no Japão, que reúne as maiores economias do mundo.

No documento, os países afirmam estar “comprometidos com a plena implementação do Acordo de Paris, incluindo os princípios das responsabilidades comuns mas diferenciadas, à luz das diferentes circunstâncias nacionais”.

Leia também: Índia manda navios militares para a costa do Irã em apoio ao país devido as tensões

Os líderes reconhecem, ainda, a “importância de fontes variadas de energia e avanços tecnológicos para alcançar um futuro de baixa emissão [de gases estufa], como energia solar, bioenergia sustentável e gás natural no transporte”.

Dizem, também, reafirmar o comprometimento com o desenvolvimento sustentável e pedem aos países desenvolvidos que forneçam apoio financeiro e tecnológico para auxiliar países em desenvolvimento a se adaptarem e mitigarem os efeitos das mudanças climáticas.

CG ADM

Olá caros leitores! Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM. Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Olá caro leitor Detectamos que você utiliza um bloqueador de propagandas. Se puder desabilitá-lo enquanto ler nossas noticias, ficaremos agradecidos