Kuwait condenou a ameaça do Irã em fechar o estreito de Ormuz

2 min de leitura

O Kuwait condenou as ameaças feitas pelo Irã de fecha o estreito de Ormuz, local esse por onde passa cerca de 33% de todo petróleo do mundo.

 

Através do seu Primeiro Ministro, Khaled Jarallah o governo kuwaitiano disse:

“Estamos preocupados com essas ameaças e estamos sempre tentando evitar as tensões em nossa região”

A ameaça iraniana foi feita pelo Alireza Tangsiri, que atualmente ocupa o cargo de Chefe da Marinha da Guarda Revolucionária do Irã.

Tangsiri disse que o estreito de Ormuz seria fechado caso os seus navios fossem impedidos de navegarem ou caso novas sanções sejam aplicadas contra o governo de Teerã.

Outra motivação para essa ameaça, foi o fato dos EUA declararem a Guarda Revolucionaria Iraniana como uma organização terrorista, o que daria plenos poderes a Washington de pararem os navios iranianos em águas internacionais, acusando-os de transportarem cargas suspeitas.

Leia também: Parlamento do Irã aprova projeto de lei que considera o exercito dos EUA terrorista

Por sua vez, o governo do Irã, declarou através de uma lei, que o Comando Militar Central dos EUA também é uma organização terrorista.

Essa lei iraniana, engloba as tropas americanas que estão no Oriente Médio, o que daria plenos poderes para que as forças militares iranianas atacassem essas tropas do mesmo jeito que os EUA fazem com o Estado Islâmico.

A nova tensão entre EUA e Irã começou depois que o presidente americano, Donald Trump suspendeu o apoio norte americano ao acordo nuclear entre as grandes potencia europeias mais a Rússia, com o Irã.

Caso o estreito de Ormuz seja fechado, os EUA deixaram claro que irão responder de forma bem enérgica para desbloquear o estreito, podendo causar uma guerra direta entre os dois países e carregando junto, os aliados de ambos os lados.

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.