“Guerra Civil” de traficantes da mesma facção já deixou muitos mortos Salgueiro

/
Traficante conhecido como Schumacher após ser morto pelo traficante 2N.

Uma “Guerra civil” entre traficantes de uma mesma facção transformou o Complexo do Salgueiro em São Gonçalo em um verdadeiro campo de batalha nessa semana, tiroteios durante tanto o dia quanto a noite sem assolado a região e o número de traficantes mortos não para de subir.

A guerra começou depois de que um traficante conhecido como “2N” invadiu a Comunidade Jardim Catarina e executou o traficante conhecido como Schumacher, um dos maiores líderes do tráfico do estado depois de Charlinho do Lixão(morto por PMs), além de Schumacher, ao menos outros 4 criminosos foram mortos nesse dia, inclusive seu braço direito e gerente do tráfico de drogas na Comunidade, “Esquilo”.

Após a morte de Schumacher, traficantes de outras comunidades da mesma facção, juraram vingança e invadiram hoje Jardim Catarina atrás de 2N e de seus “lealistas”, devido à isso os confrontos aumentaram de intensidade e mais criminosos já morreram dos dois lados.

Leia também: Dois traficantes foram abatidos e um terceiro foi ferido após confronto com PMs

Moradores relatam medo e o clima de guerra real em toda a região.

ônibus e táxis não circulam na região de forma normal e os comércios estão fechados por ordem do tráfico.

A PMERJ está no local e realiza um cerco tático na Comunidade, com muitas fontes falando que a PM pretende deixar os criminosos se matarem para depois entrar.

A recompensa oferecida por Schumacher era no valor de R$ 30.000,00, uma das maiores recompensas oferecidas por um criminoso no estado do Rio de Janeiro.

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.