A polícia russa prendeu 5 mil imigrantes africanos ilegais e o governo Putin afirma deportará à todos

08 de Março de 2019 18:38:42

O governo de Vladimir Putin afirmou que a polícia russa prendeu cerca de 5,5 mil imigrantes ilegais que estavam na Rússia desde a copa do mundo. De acordo com o governo russo, esses imigrantes teriam permanecido no país ilegalmente para pedir refúgio, porém, o governo rejeitou todos os pedidos.

De acordo com o Kremlin, a ampla maioria dos imigrantes são nigerianos do sexo masculino, mas também há imigrantes de outros países africanos, principalmente do Camarões.

O governo russo anunciou que todos serão expulsos da Rússia até o final do mês de Março. Grupos de direitos humanos afirmam que o governo russo está agindo com racismo.

Esses imigrantes teriam ido à Rússia durante a Copa do Mundo.

O governo russo tem um histórico de ser linha dura com imigrantes de origem africana, porém, o governo russo também tem um histórico muito moderado com imigrantes africanos brancos.

Após a Copa, apenas 160 pessoas receberam o direito de permanecer na Rússia, todos são brancos.

Leia também
Rússia acusa EUA de ofensiva indisfarçada contra soberania da Venezuela
Mostrar mais

SKYFORCE

Olá eu sou o SKYFORCE e eu sou Administrador e editor da página e do site Conflitos e Guerras. Tenho como objetivo trazer notícias e informações diárias à todos vocês, sempre de forma séria e imparcial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios