URGENTE: Hungria, Itália e outros vários países considerados pró-Rússia, criaram o chamado Eixo anti-imigração.

1 min de leitura
Hungria, Áustria, Itália, República Tcheca, Bulgaria e lideranças políticas pró-Rússia da França e da Dinamarca, anunciaram a criação do que eles chamam de “Eixo Anti-Imigração”, esse eixo tem como objetivo o bloqueio e a deportação de imigrantes e refugiados árabes e africanos da Europa.
Esses países afirmaram de forma conjunta que irão criar uma coalizão no Parlamento Europeu para bloquear a entrada de imigrantes.
Críticos do primeiro-ministro Viktor Orbán o descrevem como racista e autoritário — Foto: Reuters/Bernadett Szabo
O Primeiro-ministro Eurasiano da Hungria, Vicktor Orban, afirmou que ele e seus aliados irão mudar o Parlamento Europeu. 
O Premiê também afirmou que esse bloco nacionalista/Eurasiano irá tirar as últimas sanções econômicas contra a Rússia.
Muitos desses partidos que disputam essa eleição para a Parlamento europeus receberam doações de bancos públicos e privados da Rússia.
Resultado de imagem para Salvini
Outro que festejou essa aliança foi o premiê italiano, Matteo Salvini, que afirmou também que a Polônia iria ingressar no Eixo. Porém, o governo Polonês negou que participará da aliança, pois afirmou que não irá se aliar com eurasianos e com aliados da Rússia.
Todos os países desse Eixo tem governos pró-Rússia, muitos desses partidos recebem doações financeiras de bancos russos.
FONTE: EURONEWS, AFP, AGÊNCIA REUTERS, G1 E RT.

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.