Rússia acusa EUA de ofensiva indisfarçada contra soberania da Venezuela

11 de janeiro de 2019 – 12:29:39

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia condenou veementemente as tentativas dos EUA de formarem um governo venezuelano alternativo, sufocando o país latino-americano com sanções.

“A linha descarada de Washington de formação inconstitucional de estruturas alternativas de governo da Venezuela, as tentativas de, ignorando a realidade, designar autoridades venezuelanas como legítimas e negar isso a outras, sufocando o país com sanções, levando a uma deterioração da situação socioeconômica e atingindo dolorosamente os bolsos dos venezuelanos comuns, é uma ofensiva indisfarçada contra soberania da Venezuela”, escreve o comentário no site do ministério russo.

Recentemente, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, havia discutido por telefone a situação na Venezuela com o presidente da oposição da Assembleia Nacional venezuelana, Juan Guaido, que até há poucos dias chefiava o parlamento do país.[post_ad]
Em 2017, o presidente venezuelano Nicolás Maduro convocou uma Assembleia Nacional Constituinte, totalmente controlada pelo governo, não podendo a Assembleia Nacional tomar decisões políticas.

“É necessário promover a busca pela concórdia interna, unindo os esforços do governo e da oposição para reduzir as tensões, melhorar a situação do país e governar nos princípios de união. Naturalmente, na condição de todas as forças políticas do país observarem a Constituição e a legislação atual”, diz o comunicado.

A reeleição de Nicolás Maduro em 20 de maio e sua subsequente posse, na quinta-feira (10), têm sido muito criticadas pelos países vizinhos.
A Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Grupo de Lima não reconheceram os poderes do presidente eleito, enquanto o Paraguai rompeu as relações diplomáticas com o país.
Os EUA também assumiram uma posição semelhante, aumentando as sanções e pressionando Caracas.
Fonte: Sputnik news

Mostrar mais

CG ADM

Sou o fundador da pagina Conflitos em Guerras, a qual foi criada em 2014. Sou uma pessoa que trabalha como todo brasileiro e não recebo ajuda nem do governo e nem de empresas mandar a pagina e o site. Não sou formado em jornalismo, faço esse trabalho por gostar muito de deixar as pessoas informadas sobre esse seguimento na qual não tem muita cobertura das grandes mídias. Caso queria entrar em conta, envie um e-mail para o endereço [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios