O Irã promete destruir as bases do Exército dos EUA e ameaça Israel

/

11 de janeiro de 2018 – 13:52:12

Um chefe militar iraniano ameaçou destruir bases do Exército dos EUA no Oriente Médio alem de prometer aniquilar Israel.

A as ameaças vieram do brigadeiro-general, Mohammad Reza Naqdi, vice-comandante da Guarda Revolucionária Islâmica para assuntos culturais e sociais.[post_ad]
Falando na rede de televisão iraquiana Al-Nujaba, o general zombou da ideia de um ataque dos EUA ao Irã e alertou para uma resposta rápida se o fizesse. 

“A América não lançará uma guerra contra o Irã. Se isso acontecer, destruiremos todas as suas bases militares na região” afirmou Naqdi.

O general Naqdi também minimizou as capacidades militares sauditas e descreveu a ideia de um ataque saudita ao Irã como “muito risível”.
“Temos um provérbio farsi que diz: “Você não pode comparar uma formiga a um elefante”.
A Arábia Saudita é incapaz de controlar até mesmo sua frente interna. Utiliza aviões de caça para bombardear pequenos bairros na Arábia Saudita.
Acredito que a Arábia Saudita é muito mais fraca do que você imagina.
Se dermos a ordem a uma divisão em qualquer uma das nossas 30 províncias, ela poderá derrotar e destruir a Arábia Saudita.
É verdade que a Arábia Saudita tem muitas armas avançadas, mas não pode enfrentar um exército como o do Irã.” Disse Naqdi.
Quanto a Israel, Naqdi deferiu grande ameaças.
“Israel deve ser destruído e exterminado.
Não há dúvida de que os sionistas devem ser aniquilados e destruídos. Isso definitivamente vai acontecer.
Nem a Rússia nem qualquer outro país pode intermediar entre nós e os sionistas.
A revolução islâmica no Irã não recuará nem uma polegada de sua posição em relação à destruição de Israel.
Nós éramos, nós somos, e continuaremos a ser os soldados do Imam Khamenei até o nosso último suspiro e até a última gota do nosso sangue.
Eu mesmo vou içar a bandeira da Revolução Islâmica em Jerusalém, Alá disposto.”
Analistas do Oriente Médio disseram que o Irã freqüentemente pedia a destruição de Israel, mas ficaram surpresos com a ferocidade da retórica e disseram que é incomum para uma figura sênior do regime declarar que o Irã destruiria o Estado judeu.
No começo da semana, o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, disse que as sanções dos EUA estão pressionando o Irã e seu povo, mas prometeu sair por cima.
Donald Trump voltou a impor sanções a Teerã após retirar-se de um acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano.
“As sanções exercem pressão sobre o país e o povo.
Os americanos dizem alegremente que essas sanções não têm precedentes na história.
Sim, eles são sem precedentes. E a derrota que os americanos enfrentarão será sem precedentes, se Deus quiser ” disse Khamenei.
Fonte: Express 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.