CONSPIRAÇÃOIRÃORIENTE MÉDIO

Conspiração: Incidente em águas do Irã, seria armação dos EUA e Israel?

20 de janeiro de 2016 – 20:53:06

Segundo o portal The Saker, o incidente envolvendo a captura de 10 marinheiros americanos que invadiram águas iranianas com dois barcos (Riverine Command Boats), no dia 12 de janeiro, poderia se tratar de uma armação entre Estados Unidos e Israel para iniciar um conflito com o Irã.
A versão dada pelas autoridades americanas é confusa, os barcos teriam apresentado problemas mecânicos e ficaram a deriva em águas iranianas após a Marinha americana perder comunicação com as embarcações. 
Há também o relato de, “um inventário de pós-recuperação dos barcos descobrir que todas as armas, munições e comunicações foram contabilizados, exceto dois cartões SIM, aparentemente removidos de dois telefones de mão via satélite.” 
O que torna tudo mais estranho é o The Saker mencionar que fontes confiáveis afirmaram que havia um submarino de Israel, em águas iranianas, pronto para afundar os barcos americanos – obviamente com a intenção de fazer a culpa pela agressão recair sobre o Irã – tornando um conflito com os persas algo inevitável.
Rússia

O Serviço Secreto Russo teria frustrado o plano do ataque de falsa bandeira.
O The Saker trabalha com a hipótese de que o Irã e a Rússia souberam do plano por meio de pessoas ligadas a OTAN ou a Marinha americana ou até outros agentes de governo que fazem o possível para evitar um grande conflito. Segundo o portal – “Ao tomar conhecimento de um plano para usar dois barcos velozes como uma isca e transformar o Golfo Pérsico em um ‘Pearl Harbor’,  a Força Aérea da Rússia usou a sua capacidade misteriosa para desligar os sistemas dos velozes barcos americanos e do, suposto, submarino israelense. 
Os veículos ficaram surdos, cegos e imóveis. Exatamente como em novembro de 2014, no Mar Negro, quando o Sukhoi russo Su-24 com o mais novo complexo de bloqueio paralisou o sistema de gestão de combate mais moderno dos americanos – o “Aegis” – instalado no destróier ‘USS Donald Cook’.”
O portal também lembra que, em março de 2015, a Rússia foi avisada por um diplomata americano de um plano para matar Putin em um incidente com um Helicóptero – “O diplomata americano que trabalha em Moscou advertiu sobre a trama para matar o Presidente da Rússia em março de 2015. De acordo com o plano, Putin deveria ser morto em um helicóptero. 
Lembra da misteriosa capa da revista The Economist para 2015? Putin, em preto e branco, com óculos de sol e um helicóptero laranja na frente dele?” – Ná época várias pessoas ligadas a ONGs e a setores midiáticos foram alertadas para assistirem e registrarem o momento que os helicópteros chegassem pois algo grande iria acontecer. Não aconteceu.
Fonte: Panorama livre / Thesaker

CG ADM

Olá caros leitores! Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM. Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras. Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Don`t copy text!
Fechar

Adblock detectado

Olá caro leitor Detectamos que você utiliza um bloqueador de propagandas. Se puder desabilitá-lo enquanto ler nossas noticias, ficaremos agradecidos