Coreia no Norte e Coreia do Sul chagaram em um acordo.

/

Norte e Coreia do Sul chegaram a um acordo na terça-feira (24) para terminar um impasse envolvendo uma troca de fogo de artilharia que empurrou a península em um estado de tensão militar elevada.

Nos termos do acordo alcançado após a meia-noite de terça-feira depois de mais de dois dias de conversações, a Coreia do Norte lamentou o recente ferimento dos dois soldados sul-coreanos em um incidente de minas terrestres e Seul concordou em suspender as transmissões de propaganda anti-Pyongyang..

A Coréia do Norte também concordou em acabar com o estado de “semi” guerra que tinha declarado. Os dois lados vão realizar acompanhamento nas negociações para discutir uma série de questões para melhorar os laços, disse o comunicado conjunto.

“É muito significativo que a partir desta reunião, Coréia do Norte pediu desculpas para a o incidente com as minas terrestres e prometeu trabalhar para prevenir a recorrência de tais eventos e aliviar as tensões”, Informou o conselheiro de segurança nacional, Kim Kwan-jin, para o presidente sul-coreano Park Geun-hye, disse uma entrevista coletiva televisionada.

Pyongyang já havia negado que que implantou as minas terrestres, e declarou de não tomar explicitamente a responsabilidade por eles.

As negociações de trégua na vila Panmunjom, dentro da Zona Desmilitarizada que separam as duas Coréias, começou no sábado, logo após o prazo de Pyongyang para o Sul suspender suas transmissões de propaganda.

“Ambos fizeram compromissos, mas a Coreia do Sul não recebeu um pedido de desculpas, ele obteve apenas uma declaração de pesar sobre a lesão, que pode girar como um pedido de desculpas”, disse John Delury, da Universidade Yonsei, em Seul.

“O ponto mais importante é manter este canal e reabrir o relacionamento. Isto é uma coisa que dificilmente será implementado, mas é um acordo histórico que estabelece um caminho.”

Seul e Pyongyang permaneceram tecnicamente em estado de guerra desde a Guerra da Coreia 1950-1953, que terminou em uma trégua, ao vez de um tratado de paz,

Varias tentativas para melhorar os relações têm sido repetidamente frustradas ao longo dos anos.

Fonte: NBC News

Olá caros leitores!

Meu nome é Hericson, mais conhecido por vocês como CG_ADM.

Sou o fundador da rede de noticia militar, Conflitos e Guerras.

Espero poder está sempre ao lado de vocês provendo noticias de qualidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.